quarta-feira, 5 de agosto de 2020

O homem às vezes é responsável pela infecção ginecológica da parceira.


Pesquisadores divulgam que  muitas das bactérias que são encontradas no meio vaginal e que podem causar inflamações e até mesmo infecções, são encontradas na pele do pênis do homem. Muitas vezes a responsabilidade de transmissão desses patógenos para as mulheres é do parceiro sexual. Clique aqui e leia matéria divulgada pela CNN.

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Urinar à noite é mais comum em fumantes.

Trabalho realizado no Japão envolvendo aproximadamente 600 homens que se queixavam de distúrbios urinários, um deles ter que levantar à noite para urinar, mostrou que a queixa é mais comum nos homens que fumavam. Infelizmente não há indicação que ao quitar o tabagismo, a queixa melhore.
Clique aqui para ler matéria divulgada pela Renal & Urology News.

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Cigarro eletrônico afeta a fertilidade do homem.

Já se sabe que homens que fumam, têm diminuição no seu quadro de fertilidade. Agora sabe-se que o uso de cigarro eletrônico (e-cigarette, vaper) também faz o mesmo. Homens jovens usuários do cigarro eletrônico apresentam redução na contagem dos espermatozoides, é o que diz matéria publicada pela Medscape (clique aqui para lê-la)

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Sedentarismo e câncer: exercite-se!

Foi liberado o acesso a um estudo (clique aqui para ler) que pela primeira vez, definitivamente mostra evidências entre hábitos sedentários e o aumento do risco para ter um câncer. Mais evidência para incentivá-los à prática regular de exercícios físicos. 

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Diabetes e Testosterona: boa notícia!

A boa notícia é que trabalho realizado com homens na Austrália (clique aqui para ter acesso) evidenciou que terapia com testosterona e mudança de estilo de vida, pode evitar ou até reverter a Diabetes tipo 2, em homens com alto risco  para desenvolver essa doença. O estudo, que envolveu o acompanhamento de homens com faixa etária entre 50 e 74 anos, se constituía de terapia com testosterona injetável a cada 3 semanas e mudança de estilo de vida com base nas normas dos Vigilantes do Peso desse país.

terça-feira, 2 de junho de 2020

Risco de morte por câncer de próstata inicial é igual em três tipos de tratamento.

O câncer de próstata na forma inicial, quando ainda está bem localizado no interior da próstata, mostrou levar à morte nas mesmas proporções, quer o paciente decida pela cirurgia como tratamento, ou pelo tratamento com radioterapia ou até mesmo pela vigilância ativa (conduta quando não se faz nada e se acompanha de perto a evolução da doença, mudando a conduta no caso de progressão da mesma). Isso foi comprovado em estudo divulgado pela European Urology (clique aqui para ler), que evidencia uma diferença na evolução quanto às complicações mas não quanto à mortalidade (esta tem índices iguais) após um período de dez anos de comparação. Os homens que optaram pela vigilância ativa se apresentaram com sinas de doença em disseminação, com mais metástases em outros órgãos, e os que optaram pela cirurgia ou radioterapia, se queixaram mais de impotência sexual, incontinência urinária e problemas intestinais (diarreia). 

quinta-feira, 21 de maio de 2020

50% dos homens relata dificuldades no sexo após tratamento do câncer de próstata.

Resultados de uma pesquisa a ser mostrada no próximo congresso virtual da Sociedade Europeia de Urologia, mostra que mais de 50% dos homens que participaram, relataram alguma dificuldade sexual após o término do tratamento de um câncer na próstata. À mesma pesquisa, 45% dos participantes relatou algum problema de ansiedade ou depressão. Clique aqui e leia mais sobre a matéria publicada pela Medscape.

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Alerta: os níveis de testosterona estão caindo.

Cientistas nos EUA alertam: tem sido detectada a queda nos níveis sanguíneos de testosterona nos adolescentes e adultos jovens. A obesidade tem grande importância nesse fato e tudo indica que a atividade física regular pode compensar esse fator, uma vez que adolescentes, mesmo os obesos, que praticam-na com regularidade, apresentam níveis maiores do que os sedentários. A testosterona tem um papel importante na vida do homem,  não só em relação à fertilidade e sexualidade, mas tudo indica que também há papel importante de proteção. Adultos jovens com queda de testosterona e obesidade podem apresentar desenvolvimento precoce de câncer.