quarta-feira, 11 de abril de 2018

Mulheres ciclistas: vida sexual melhor, mas......

Um estudo acaba de mostrar que mulheres ciclistas referem uma qualidade de vida sexual melhor do que outros tipos de atletas mulheres, por exemplo: corredoras e nadadoras. Quanto maior a quantidade de exercício, melhor é a performance sexual.
Mas, infelizmente têm índices mais elevados de infecção urinária e feridas genitais devido à pressão do selim da bicicleta.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela Reuters.

quarta-feira, 21 de março de 2018

Pode haver uma relação familiar entre os tumores de ovário e testículo.

Estudos mostram que pode haver uma associação familiar entre os tumores de ovário e testículo. Pesquisas mostraram que homens com câncer no testículo têm uma maior probabilidade de terem mães com histórico de câncer no ovário do que homens com outros tipo de malignidade.Clique aqui para ler artigo publicado pela Cancer Network.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Refrigerantes aumentam o risco para desenvolver alguns tipos de câncer.

Estudo comprova que pessoas que ingerem pelo menos um refrigerante por dia, têm maior incidência de tumores no fígado, na próstata, nos ovários e na vesícula biliar.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela Newsweek.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Terapia com alopurinol parece diminuir o risco para hipertrofia da próstata.

Um estudo realizado na Finlândia com homens em tratamento para síndrome metabólica e obesidade severa, em terapia contínua com alopurinol para controle do excesso de ácido úrico (causador da gota), mostrou que o risco para desenvolver hipertrofia benigna da próstata é menor. Esses homens necessitaram de menos terapia, seja clínica ou cirúrgica, para corrigir o crescimento da próstata. Clique aqui e leia a matéria.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Ibuprofeno pode causar danos aos testículos.

Estudo recentemente publicado, vem mostrar que o uso contínuo do ibuprofeno pode comprometer a função dos testículos. É observado uma diminuição dos hormônios que estimulam a produção do hormônio masculino testosterona, que pode ser acompanhada de diminuição da fertilidade do homem, depressão e maior risco para doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais.Clique aqui ler a matéria divulgada pelo The Telegraph (UK)