quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Aumentar a ingesta de água diminui o risco para uma infecção na urina.

Pesquisadores observaram que mulheres que ingeriam menos de 1,5 L de água ao dia, apresentavam uma queda no risco para apresentar uma infecção urinária, acrescentando mais 06 xícaras do líquido ao consumo diário.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela Medscape.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Sobrepeso prejudica a fertilidade do homem.

Cientistas confirmam após um estudo que envolveu 1.200 homens, que muito sobrepeso no homem leva a uma diminuição no volume do esperma, na contagem e na concentração dos espermatozoides.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela HealthDay.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

O esperma humano pode carregar vários tipos de vírus.

O esperma do homem pode ser responsável pela transmissão de algumas doenças causadas por vírus, uma vez que vários tipos já foram identificados em amostras coletadas.
A lista de vírus que poderiam ser carregados pelo esperma do homem inclui o vírus da Zika, Ebola, varíola, Chikungunyia, vírus da mononucleose, vírus da caxumba, HIV, para citar os mais conhecidos.
Clique aqui e acesse a matéria divulgada pela Health Day.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Medicamento para reduzir o colesterol pode diminuir o risco de se morrer por câncer na próstata diagnosticado.

O resultado de uma recente pesquisa evidenciou que o homens que receberam o diagnóstico de câncer na próstata e inciaram terapia com estatina, que é um medicamento utilizado  para reduzir o colesterol no sangue, apresentam um risco 17% menor de morrer pela doença quando comparados àqueles que não são medicados. O risco também diminui em outros tipos de câncer. Clique aqui e leia matéria divulgada pela Cancer Therapy Advisor.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Homens não devem deixar de realizar vasectomia por medo de terem câncer na próstata.

Há algum tempo, veiculou-se a informação que realizar vasectomia, aumentava o risco do homem em ter câncer na próstata. Novos dados (clique aqui e veja matéria divulgada pela MedPage Today) mostram que homens que realizam vasectomia, têm menos de 1% de chance de ter esse tipo de tumor e a cirurgia para esterilização do homem não aumenta o risco para o aparecimento de um câncer na próstata mais agressivo, fatal.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Dados mostram que a cirurgia nem sempre é a melhor forma de se curar um câncer de próstata.

Cientistas concluíram que nos últimos 20 anos a cirurgia de próstata não parece ter sido, em muitos casos, a melhor forma de tratamento de um câncer de próstata. Pacientes que foram apenas monitorizados e não receberam nenhum tipo de tratamento, apresentaram os mesmos níveis de mortalidade pelo câncer de próstata que os pacientes que foram submetidos à cirurgia. E apresentaram menos complicações, já que a cirurgia pode evoluir com sequelas, como disfunção erétil. Importante salientar que a conduta de monitorização apenas é específica para alguns casos apenas desse tipo de câncer. E a cirurgia ainda é a melhor indicação para indivíduos mais jovens com maior tempo de expectativa de vida. Clique aqui e leia matéria divulgada pela Associated Press

quinta-feira, 29 de junho de 2017

O uso prolongado da dutasterida compromete o desempenho sexual.

A dutasterida (Avodart, Combodart, Dastene) tem indicação para tratamento do crescimento benigno da próstata. Estudo acaba de mostrar (clique aqui para ler matéria divulgada pela Renal & Urology News) que o a terapia prolongada com a droga tende a agravar a disfunção erétil no homem e levar à queda dos níveis sanguíneos de testosterona. Outas alterações metabólicas, como aumento da glicose e dos lipídeos no sangue, também foram relatadas. Ainda não há estudos que mostrem se a interrupção do tratamento reverte essas situações.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Frutas podem diminuir a incidência de câncer.

A ingesta diária de frutas frescas, especialmente as cítricas, está relacionada com uma menor taxa de incidência de câncer na próstata em homens europeus. A mesma relação não existe quando comparada à ingesta de legumes/ vegetais e uma maior ingesta de frutas não parece impactar na mortalidade por esse tipo de câncer. Clique aqui para ler a  matéria divulgada pela Cancer Therapy Advisor. 

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Cigarro eletrônico também é um risco para câncer na bexiga.

Embora muitas pessoas pensem que o cigarro eletrônico não cause problemas à saúde, dados publicados recentemente no Congresso Americano de Urologia confirmam, que o hábito de fumar cigarros, sejam eletrônicos ou a base de tabaco, aumenta o risco para câncer na bexiga.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela Health Day.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Cientistas apostam em novos métodos para reduzir o tratamento desnecessário do câncer de próstata.

Homens receiam o câncer de próstata e evidências científicas mostram que há tumores que não merecem tratamento, por terem um crescimento tão lento e pouco agressivo, que o melhor é não fazer nada. Mas convencer o paciente sobre essa decisão gera muitas dúvidas. Por isso, cientistas estão tentando criar testes genéticos, exames de imagem e até mesmo softwares, que deixem os envolvidos nessa situação mais tranquilos. Clique aqui e acesse matéria divulgada pela STAT.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Yoga pode ajudar homens a enfrentar melhor os efeitos colaterais do tratamento para o câncer de próstata.

Trabalho mostra que homens em tratamento para o câncer de próstata e que praticam yoga, além de terem a energia pessoal renovada, também passaram a se queixar menos dos efeitos da radioterapia em relação aos problemas no ato sexual e na micção.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela HealthDay.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Ingerir menos sal pode diminuir a necessidade de urinar à noite.

Estudo divulgado no último encontro da European Society of Urology sugere que a diminuição da ingesta de sal nas alimentações, pode reduzir a necessidade que homens e mulheres têm de ir ao banheiro durante à noite para urinar. Matéria no Telegraph cita estudo em que homens que diminuíram a ingesta de sal, reduziram em 25% as idas ao banheiro de noite e que homens que aumentaram a ingesta, também precisaram levantar mais a noite para urinar.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Poucas horas de sono aumenta o risco do homem desenvolver um câncer de próstata fatal.

Estudo divulgado no encontro anual da American Association for Cancer Research, informa que homens que têm poucas horas de sono à noite (de 3 a 5 horas), costumam apresentar uma forma mais fatal de câncer na próstata. Cita que homens que dormem 6 horas por noite, têm um risco de morte por câncer na próstata 29% maior do que aqueles que dormem no mínimo 7 horas.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Meninos com maior déficit de aprendizagem, apresentam maior incidência de câncer nos testículos.

Segundo um estudo publicado pela Medscape, meninos que apresentam maior dificuldade para a aprendizagem apresentam maiores taxas de acometimento pelo câncer nos testículos. A taxa de óbito neste grupo chega a ser 4 vezes maior, quando comparados à população em geral. Pesquisadores acreditam que outros tipos de câncer também sejam mais frequentes nesse grupo de pacientes.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Maratonas podem causar danos aos rins.

Um artigo publicado pela TIME, informa que cientistas concluíram que pessoas que participam de maratonas, ao final da etapa têm grandes chances de apresentarem lesões no rins. As lesões são discretas e os rins na maioria das vezes se regeneram em dois dias.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Alguns medicamentos para interromper a queda de cabelos, podem aumentar o risco de desenvolvimento de impotência sexual masculina.

Um estudo revelou recentemente que homens que fazem uso prolongado (no mínimo 07 meses) de uma classe (5-alfa redutase) de medicamentos, visando interromper a queda de cabelos e o crescimento da próstata, têm um pouco mais de risco para desenvolver impotência sexual persistente. 

segunda-feira, 6 de março de 2017

Noctiva é aprovado para uso nos EUA e vai ajudar pacientes que acordam muito à noite para urinar.

Foi aprovada nos Estados Unidos a venda do medicamento Noctiva (Milford, Pennsylvania-based Renaissance Lakewood, LLC for Serenity Pharmaceuticals, LLC) com a finalidade de diminuir as micções noturnas. A administração é em forma se spray nasal, que deve ser aplicada 30 minutos antes do paciente ir dormir à noite.
Nem todo paciente pode fazer uso do Noctiva, sendo contra-indicada em muitas doenças como Insuficiência Cardíaca, Diabetes de difícil controle ou doenças da bexiga que fazem o paciente ir frequentemente urinar, independente de ser dia ou noite. É recomendado para os pacientes com poliúria noturna, ou seja, que à noite em repouso, produzem mais urina.
Leia matéria publicada pela MedPage, clicando aqui.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Estudo mostra normalização do tamanho do pênis, um ano após a cirurgia para a cura do câncer na próstata.

Uma constatação frequente nos pacientes que se submetem à cirurgia para o câncer da próstata, é a diminuição no tamanho do pênis. Tanto que já são feitas terapias para a recuperação desse tamanho logo no pós-operatório com medicamentos e terapias locais com bomba à vácuo.
Porém, um estudo recentemente publicado mostra que após passado um ano da cirurgia, os pacientes referem a recuperação espontânea do tamanho do pênis.
Clique aqui e leia matéria divulgada pela STAT.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Cálculos renais tendem a ser mais frequentes em crianças com asma.

Novos dados mostram que os cálculos renais são mais frequentes em crianças com asma, quando comparadas à população pediátrica em geral. O estudo, realizado em Cleveland nos Estados Unidos, mostrou que a incidência de cálculos renais nas crianças com asma chega a ser 4 vezes maior. E não há relação com o Índice de Massa Corporal, já que todas as crianças estudadas o tinham semelhante.
Os índices de criança com asma vêm aumentando no mundo e também os de crianças com cálculos renais. As causas determinantes para esse acontecimento ainda não são conhecidas, mas uma hipótese é que tenha relação com processos inflamatórios e consequentes alterações das células do trato respiratório e urinário.
Clique aqui para ter acesso ao artigo original, publicado pelo Renal & Urology News.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O tratamento do câncer de próstata deve levar em conta o status de saúde do paciente.

A Society of Geriatric Oncology acaba de informar novas diretrizes para o tratamento do câncer de próstata. A sociedade sugere que as decisões quanto ao tratamento de um câncer de próstata, leve em conta o estado de saúde do homem e não a idade. Há homens com idade acima de 70 anos com excelente estado de saúde e que poderiam se submeter a tratamentos mais agressivos e curadores. Clique aqui e tenha acesso à matéria divulgada pela Reuters.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Cientistas descobrem uma maneira de definir, se um câncer de próstata após o tratamento tende a recidivar e causar a morte do paciente.

A NBC News (clique aqui para ter acesso à informação) divulgou a informação que cientistas encontraram uma maneira de saber, quais formas de câncer na próstata tendem a ser mais agressivas, com chance de recidivar e levar o paciente à morte, após o tratamento. De acordo com os cientistas, pacientes que logo após o tratamento não apresentarem níveis de PSA (Antígeno Especifico da Próstata, exame utilizado na investigação do câncer de próstata e sempre aumentado em caso positivo) inferiores a 0,5 têm chance do câncer recidivar e levar à morte.